sábado, 28 de janeiro de 2012

Sacramento da Penitência

Sacramento da Penitência - Pe. Sergio Jeremias
Paróquia Vargem do Cedro-SC
video

É preciso pedir perdão...






A palavra que Deus nos dá está em Mateus capítulo 18, versículos 21 e 22 'Então Pedro se aproximou dele e disse: Senhor, quantas vezes devo perdoar a meu irmão, quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? Respondeu Jesus: Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.’
È difícil vivermos esta palavra, não é fácil. Pedi perdão a Deus, reconhecer as nossas faltas a Deus é fácil. Mas e o irmão?
Deus é amor, Deus é perdão, Deus é caridade, e Deus é o mediador entre você e seu irmão. Deus deseja que você peça perdão. Muitas vezes pedimos perdão a Deus, perante o padre, mas aquilo que confessamos não sai da nossa cabeça, e às vezes confessamos mais de uma vez, às vezes é porque precisamos chegar no irmão e pedi perdão.
Como é difícil perdoar, por isso Deus fala tanto em amor.

  Quando atingimos uma pessoa e precisamos perdoar, sofremos, perdoar é difícil, mas é preciso porque também é um gesto de amor. Hoje quero convidar a você a rezar, e pedir a graça a Deus de perdoar.

Deixamos passar batido, vivendo na falta de caridade, e na falta de perdão, não podemos deixar a semente da raiva crescer dentro de nós. É muito mais difícil pedi perdão que ser perdoado.
As vezes temos bloqueios com as pessoas por falta de perdão. Quantos filhos hoje bloqueado com o pai, é preciso dá o perdão. A força da palavra é muito forte. Vamos meditar sobre este palavra em nossa vida.

Precisamos viver o amor de Deus, precisamos ser testemunha de Deus. A quem você precisa pedir perdão neste dia? Será que é seu patrão, o seu pai, o seu filho? Prepare- se durante esta noite e não perca a oportunidade de perdoar.

Essa palavra de Deus é muito difícil de viver, embora sejam apenas dois versículos.

Somos humanos, somos fracos, mas temos a força do Espírito Santo que transborda o amor de Deus em nossa vida, nos fazendo forte. Você pode perdoar.

Você tem que exercer a transparência. Ser transparente é viver com o coração rico de misericórdia e do amor de Deus. Perdão é vida. A falta de perdão assola a nossa alma. Quando adiamos o perdão ferimos primeiramente a nós mesmo. Deus amor e não combina com os nossos sentimentos de ódio. Se não amamos nos distanciamos de Deus.

Nós filhos de Deus precisamos pagar o bem com o bem, não podemos pagar o mal com o mal.


Wellington Jardim (Eto)

Administrador da Fundação João Paulo II

**********************************************************

Senhor, peço perdão por ter magoado pessoas queridas, que seja lavado purificado com teu amor meu Senhor, e que o Senhor me dê a graça de ser perdoado por quem eu feri.

Que a tua graça me de forças de seguir em frente e que a tua alegria se faça presente em meu coração.

Por tudo obrigado meu Senhor. 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Sacramento da Eucaristia

Sacramento da Eucaristia - Pe. Sergio Jeremias
Paróquia Vargem do Cedro-SC
video

O caramanchão e as rosas


Certo dia, em 1847, após meditar muito sobre o modo de fazer o bem à juventude, apareceu-me a Rainha do Céu que me levou a um jardim encantador. Nele havia um longo pórtico, com plantas trepadeiras carregadas de folhas e flores. O pórtico dava para um caramanchão encantador, flanqueado e coberto de maravilhosos rosais em plena florescência. Também o terreno estava todo coberto de rosas. Nossa Senhora me disse:
– Tire os sapatos e avance por este caramanchão. É o caminho que deve fazer.
Gostei de tirar os sapatos: teria sentido muito machucar aquelas rosas. Comecei a andar. Mas logo percebi que aquelas rosas escondiam espinhos muito agudos. E tive que parar.
– Aqui precisa usar sapatos – disse eu à guia.
– Sem dúvida. E dos bons.
Calcei os sapatos e retornei o caminho com certo número de companheiros que haviam aparecido naquele momento e me pediram para caminhar comigo.
Pendiam do alto muitos ramos como festões. Rosas! Só se viam rosas: em cima, dos lados, no chão, a meus pés. Minhas pernas, porém, enredando-se nos ramos estendidos por terra, acabavam feridas. Espinhava-me ao afastar os ramos transversais. Sangrava nas mãos, por todo o corpo. Todas as rosas escondiam muitíssimos espinhos.
Todos os que me viam caminhar diziam: “Dom Bosco só caminha sobre rosas! Tudo lhe vai bem!”. Não viam que os espinhos me rasgavam os membros.
Muitos clérigos, padres e leigos por mim convidados haviam-se posto a seguir-me, alegres, atraídos pela beleza daquelas flores. Mas, ao perceberem que deviam caminhar sobre espinhos, começaram a gritar: “Fomos enganados!”. Não poucos retrocederam. Fiquei praticamente só. E comecei a chorar. “Será possível – dizia eu – que tenha de percorrer tos este caminho só?”.
Mas fui logo consolado: vi avançar para mim um grupo de padres, clérigos, leigos, os quais me disseram: “Somos todos seus e prontos para segui-lo”. Precedendo-os, reiniciei o caminho. Só alguns desanimaram e pararam. Grande parte foi comigo até o fim.
Percorrido todo o caramanchão, vi-me num belíssimo jardim. Os meus poucos seguidores estavam macilentos, desgrenhados, ensangüentados. Levantou-se, então, uma brisa suave. A seu sopro, se curaram. Soprou outro vento e, como por encanto, me vi circundado de um número imenso de jovens e de clérigos, de coadjutores leigos e também de padres, que se puseram a trabalhar comigo guiando aquela juventude. Reconheci alguns, mas muitos outros os não conhecia.
Então a Santa Virgem, que fora a minha guia, perguntou-me:
– Sabe o que significa o que você está vendo e viu antes?
– Não.
– Saiba que o caminho por entre as rosas e os espinhos significa o cuidado que deverá tomar com a juventude. Deverá andar com o calçado da mortificação. Os espinhos significam os obstáculos, os padecimentos, os desgostos que lhe caberão. Mas não desanimem. Com a caridade e com a mortificação, irão superar tudo e chegar às rosas sem espinhos.
Logo que a Mãe de Deus acabou de falar, acordei. Estava em meu quarto.
Contei-lhes isto para que cada um de nós tenha a certeza de que é Nossa Senhora que quer a nossa Congregação. E para que nos animemos sempre a trabalhar para a maior glória de Deus.

BOSCO, João IN: BOSCO, Terésio. João Bosco: uma nova biografia. 6. ed. São Paulo: Editora Salesiana, 2002. p. 299-301.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Sacramento da Crisma

Sacramento da Crisma - Pe. Sergio Jeremias
Paróquia Vargem do Cedro-SC

video

Hora da misericórdia


Em 1933, Deus ofereceu a Irmã Faustina uma impressionante visão de Sua Misericórdia. A Irmã nos conta:


“Vi uma grande luz, e nela Deus Pai. Entre esta luz e a Terra vi Jesus pregado na Cruz de tal maneira que Deus, querendo olhar para a Terra, tinha que olhar através das chagas de Jesus. E compreendi que somente por causa de Jesus Deus está abençoando a Terra .”

Jesus disse à Beata Irmã Faustina:

“Às três horas da tarde implora à Minha Misericórdia, especialmente pelos pecadores, e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a Minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que Me encontrei no momento da agonia. Esta é a hora de grande Misericórdia para o mundo inteiro. Permitirei que penetres na Minha tristeza mortal. Nessa hora nada negarei à alma que Me pedir em nome da Minha Paixão.” (Diário no. 1320)

“Lembro-te, Minha filha, que todas as vezes que ouvires o bater do relógio, às três horas da tarde, deves mergulhar toda na Minha misericórdia, adorando-a e glorificando-a. Invoca a sua onipotência em favor do mundo inteiro e especialmente dos pobres pecadores, porque nesse momento ela está largamente aberta para cada alma. Nessa hora, conseguirás tudo para ti e para os outros. Naquela hora, ro mundo inteiro recebeu uma grande graça: a Misericórdia venceu a Justiça. Procura rezar nessa hora a Via-Sacra, na medida em que te permitirem os teus deveres, e se não puderes rezar Via-Sacra, entra ao menos por um momento na capela, e adora a meu Coração, que está cheio de Misericórdia no Santíssimo Sacramento. Se não puderes ir à capela, recolhe-te em oração onde estiveres, ainda que seja por um breve momento.”
São poucas as almas que contemplam a Minha Paixão com um verdadeiro afeto. Concedo as graças mais abundantes às almas que meditam piedosamente sobre Minha Paixão

Oração para as 15 horas

Tu expirastes, Jesus, mas a fonte da vida brotou imensamente para as almas, e o oceano de Misericórdia abriu-se para o mundo. Ó fonte de vida, ó Misericórdia Infinita, envolve a nós e a todo o mundo.
Ó Sangue e Água que brotastes do Coração de Jesus como uma Fonte de Misericórdia para nós, em Vós confio.

(http://blog.cancaonova.com/misericordia)

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Ano Novo...vida em abundância


2012 = Vida em abundâcia pra você

Nosso Senhor Jesus Cristo falou: "Eu vim para que todos tenham vida" Jo 10, 10. E hoje, iniciando esse abençoado ano de 2012, Ele diz: "Eu vim para que você, tenha vida, e vida em abundância".
Eu acredito firmemente que o Ano de 2012 será um Ano de Vida plena, de Vida em abundância e de muitas vitórias de Jesus nesta Obra que é d´Ele, em nossas vidas, e, de modo especial, na sua vida!
Eu imagino Jesus, o Salvador, colocando agora as Suas Mãos benditas, ensanguentadas e abertas sobre você, sobre a sua cabeça, e lhe concedendo essa Graça!
Essa Vida, é o próprio Jesus, pois Ele mesmo disse: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida!" João 10, 10. Essa Vida que Jesus oferece hoje para você é a presença amorosa d´Ele constantemente ao seu  lado durante todos os dias deste ano para que, como Maria, você possa dizer em 2012: "O Senhor está fazendo em mim maravilhas, Santo é o Seu Nome". É o próprio Jesus Rei vivendo em você, até que você possa afirmar: "Eu vivo, mas já não sou eu; é Cristo que vive em mim" Gálatas 2, 20. E, é claro que você quer essa Graça também para todos aqueles que você ama,não é mesmo?

Vida em abundância para toda a sua família!

O mensageiro dessa Vida em abundância aos seus familiares, é você!
Você pode ser um instrumento nas Mãos poderosas Jesus para espalhar essa Vida em abundância a todas as pessoas de sua família. Isso não é realmente maravilhoso?
Estaremos unidos em oração os 12 meses de 2012, pedindo por todas as pessoas de sua família e por você, para que todos vocês tenham uma Vida em abundância. Será um ano de graças e de bênçãos que vamos chamar de CONSAGRA12. Serão 365 dias completamente consagrados a Deus!
Eu não tenho nenhuma dúvida que nós podemos juntos ser os portadores dessa Vida em abundância para o nosso país! Ele é a solução para o Brasil! Ele é a solução para todos os problemas pessoais e sociais deste mundo.
Tenho certeza que o nosso Deus, que é Santo, Santo, Santo, vai fazer com que todos nós que fazemos parte dessa Obra que é d´Ele sejamos pessoas consagradas durante esse novo ano.
Eu exorto você a fazer atos de consagração a Deus todos os dias, todas as horas de 2012, assim, Jesus vai se manifestar a nós, vai conduzir e orientar as nossas vidas à Vida plena do Amor que jorra do Seu Sagrado Coração.
Comece 2012 clamando e pedindo: "Senhor Jesus, o Senhor prometeu e eu peço essa Vida em abundância para mim, para minha família e para esse mundo que precisa tanto da Sua Graça e da Sua bênção. Amém".

Pe. Eduardo Dougherty

Assossiação do Senhor Jesus - http://www.asj.org.br/